Artigo “Intolerância Religiosa dos Evangélicos na Educação Básica” publicado na Revista Interritórios

Na última edição da Revista de Educação Interritórios (v. 5, n. 9, 2019) foi publicado o artigo Intolerância religiosa dos evangélicos na educação básica: breve análise de alguns casos de autoria de Silas Fiorotti, coordenador do projeto Diversidade Religiosa em Sala de Aula.

capa-interritorios

artigo-fiorotti

Segue abaixo o resumo do artigo:

Resumo: O artigo apresenta uma breve análise de dezoito casos de intolerância religiosa ocorridos, entre 2004 e 2018, no âmbito da educação básica; e também uma reflexão sobre duas atividades. Estes casos foram classificados em cinco tipos de intolerância religiosa na educação básica. Seguindo a perspectiva antropológica que identifica a presença do religioso nas proibições, identificou-se diversas proibições em relação às religiões e aos símbolos afro-brasileiros. Apontou-se que o religioso presente nas escolas está associado a um Deus belicoso do pentecostalismo que propaga a guerra espiritual. Os casos analisados indicam que quem mais sofre com a intolerância religiosa nas escolas são pessoas adeptas das religiões afro-brasileiras e negras, e quem mais comete os atos de intolerância religiosa são pessoas evangélicas. E, por fim, como medida de combate à intolerância religiosa, há um apelo para que estudantes, professores e demais profissionais da educação estejam efetivamente em contato e em diálogo com os religiosos afro-brasileiros.

* * * *

Coletivo por uma Espiritualidade Libertária lançou o informativo Diálogos & Espiritualidade que aborda a questão da intolerância religiosa. Para saber sobre o projeto Diversidade Religiosa em Sala de Aula, leia os textos “Por que falar de religião em sala de aula?” e “É preciso combater a intolerância religiosa na educação básica”.

Informações (sobre cursos, palestras e oficinas) e contatos: <espiritualidadelibertaria@gmail.com>.

No dia 17 de setembro, ocorreu o Diálogo sobre violência e pentecostalismo, em São Paulo

No dia 17 de setembro, ocorreu o “Diálogo sobre violência e pentecostalismo”, aqui na cidade de São Paulo. Este diálogo contou com a presença do Vagner Marques, historiador, autor do livro Fé & crime: evangélicos e PCC nas periferias de São Paulo, e com a mediação de Marcos Almeida, membro do Coletivo por uma Espiritualidade Libertária.

Agradecemos a todas e todos que participaram e/ou apoiaram a realização desse encontro.

Acompanhe a página do Coletivo por uma Espiritualidade Libertária para obter informações sobre os próximos encontros e outras atividades.

Mantenham a chama acesa!!

2016_banner_apuel_160917-001

2016_banner_apuel_160917colagem-001

Lembramos que, em breve, ofertaremos o curso de extensão universitária “Diversidade religiosa em sala de aula”, aqui na cidade de São Paulo. Informações: espiritualidadelibertaria@gmail.com.

Diálogo sobre violência e pentecostalismo (17/9/2016), em São Paulo

Coletivo por uma Espiritualidade Libertária convida para:

“Diálogo sobre violência & pentecostalismo”
17/9 (sábado) a partir das 9h30

com o historiador Vagner Marques (pesquisador da PUC-SP e autor do livro “Fé e crime: evangélicos e PCC nas periferias”), e mediado por Marcos Paulo Almeida (filósofo e membro do Coletivo por uma Espiritualidade Libertária).

O encontro iniciará pontualmente às 9h30 no salão paroquial da Igreja Imaculada Conceição, na Av. Brigadeiro Luis Antônio, 2071, São Paulo, SP, próximo ao metrô Brigadeiro (o local possui convênio com estacionamento).

2016_banner_apuel_160917-001

A participação é gratuita, basta confirmar a presença por e-mail e contribuir com quitutes, frutas ou bebidas que serão partilhados.

Informações: espiritualidadelibertaria@gmail.com.
#espiritualidadelibertaria