Artigo “Intolerância Religiosa dos Evangélicos na Educação Básica” publicado na Revista Interritórios

Na última edição da Revista de Educação Interritórios (v. 5, n. 9, 2019) foi publicado o artigo Intolerância religiosa dos evangélicos na educação básica: breve análise de alguns casos de autoria de Silas Fiorotti, coordenador do projeto Diversidade Religiosa em Sala de Aula.

capa-interritorios

artigo-fiorotti

Segue abaixo o resumo do artigo:

Resumo: O artigo apresenta uma breve análise de dezoito casos de intolerância religiosa ocorridos, entre 2004 e 2018, no âmbito da educação básica; e também uma reflexão sobre duas atividades. Estes casos foram classificados em cinco tipos de intolerância religiosa na educação básica. Seguindo a perspectiva antropológica que identifica a presença do religioso nas proibições, identificou-se diversas proibições em relação às religiões e aos símbolos afro-brasileiros. Apontou-se que o religioso presente nas escolas está associado a um Deus belicoso do pentecostalismo que propaga a guerra espiritual. Os casos analisados indicam que quem mais sofre com a intolerância religiosa nas escolas são pessoas adeptas das religiões afro-brasileiras e negras, e quem mais comete os atos de intolerância religiosa são pessoas evangélicas. E, por fim, como medida de combate à intolerância religiosa, há um apelo para que estudantes, professores e demais profissionais da educação estejam efetivamente em contato e em diálogo com os religiosos afro-brasileiros.

* * * *

Coletivo por uma Espiritualidade Libertária lançou o informativo Diálogos & Espiritualidade que aborda a questão da intolerância religiosa. Para saber sobre o projeto Diversidade Religiosa em Sala de Aula, leia os textos “Por que falar de religião em sala de aula?” e “É preciso combater a intolerância religiosa na educação básica”.

Informações (sobre cursos, palestras e oficinas) e contatos: <espiritualidadelibertaria@gmail.com>.

Uma opinião sobre “Artigo “Intolerância Religiosa dos Evangélicos na Educação Básica” publicado na Revista Interritórios

  1. Sou a favor, do ensino em sala de aula. Temos que falar sobre intolerancia, ate estirpar esse mal, do nosso meio. Muito vergonhoso, em 2019 nao tratar seres humanos, como irmaos, com direitos iguais. So de pensar fico revoltada, com tanto racismo. Penso que quando Jesus voltar, por a caso encontrara fé na terra..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s