Ato em solidariedade às religiões de matriz africana

Ato em solidariedade às religiões de matriz africana, hoje (21 de maio) às 17h00, na sede da ABI no Rio de Janeiro. Compareça e diga #nãoàintolerânciareligiosa!!

20140521-114353.jpg

Anúncios

2 opiniões sobre “Ato em solidariedade às religiões de matriz africana

  1. Parabéns gostaria muito de participar junto com vocês. Temos uma causa em comum.
    peço que visite meu blog e veja meus motivos.

    Intolerância Religiosa – Os verdadeiros Culpados
    Pode ser de seu interesse. Sua Ajuda Pode ser Crucial.
    Intolerância Religiosa.

    Ideia registrada no portal, e-Cidadania do Senado Federal.
    Precisa de 20.000 apoios para passar, e ser apreciada pelos senadores.
    Talvez seja de seu interesse, registrei no portal e – Cidadania uma ideia a ser apreciada pelos senadores.
    Preciso de apoio para levar esta ideia pra frente.

    Porque os culpados não são Comentados?
    Atingindo a raiz – Que as Lideranças Religiosas, sejam por lei, obrigadas a discutirem junto com a população as causas do conflito.
    Programa obrigatório – TV – Internet
    Vivemos uma mentira, quando dizemos que religião não se discute, é preciso o dialogo compreensivo.
    É obrigação das lideranças mostrarem a todos, os erros que dizem das outras, e esta, o direito de se defender, e que o individuo tire as conclusões – isto é verdade democrática e caminho para o fim do conflito.
    O que querem as lideranças religiosas de todos?
    O bem ou o mal de todos?
    A Bíblia é um enigma que proporciona a compreensão e a humildade.
    Para apoiar e fazer parte deste ato.
    Entre no link abaixo e clique EU APOIO
    www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=48007

    Estamos cometendo erros gravíssimos, em relação ao combate do preconceito e liberdade religiosa.
    Na tentativa de solucionar o problema que atinge a todos em cada m² de nossa sociedade, em uma paz falsa, sustentada pelas leis humanas, tudo o que se consegue fazer é, remediar com soluções sem méritos algum.
    As perguntas são fáceis de responder, só não as executamos como deveríamos.
    Porque remediar e não atingir a raiz do problema?
    A lei dos direitos humanos e da liberdade religiosa está longe da realidade, elas defendem a sociedade de si mesma, mas não atinge os agentes reais do problema.
    Esforço, para se debater a religião, em sala de aula é perda de energia.
    Uma vez que temos muitas ideologias, e uma não quer perder o espaço para outra, e a pressão se da de todos os lados.
    Leis que defendem o individuo do individuo, contra os abusos religiosos são inúteis, apesar de amenizar. E o individuo em si não é a razão do problema.
    Então nos resta analisar onde está o agente real do problema, se não na liderança religiosa.
    Resta saber o que querem as lideranças religiosas da humanidade?
    O Bem? Ou o Mal?
    Temos aqui uma pergunta a ser respondida.
    Porque até o momento, tudo o que estão construindo, é um conflito com muitos danos para a humanidade. Consequentemente estão visando mais defender seu próprio ego individualista do que o bem estar social e espiritual da sociedade como um todo.
    Se o individuo, atinge seu próximo, infringindo as lei, é porque assim está compreendendo, do ensinamento que está recebendo. Responsabilidade da liderança religiosa, que muitas vezes comete o mesmo erro.
    Não se pode julgar o desconhecido, mas já podemos muito bem distinguir o certo do errado.
    Como existem leis para inibir os abusos religiosos e principalmente para proteger a liberdade religiosa, faltando porem a principal – A lei da verdade.
    O que realmente as lideranças religiosas querem de todos?
    O bem? Ou o mal?
    Se o bem for a resposta, há de se analisar o que é o bem, diante do conflito que estamos passando, e ser aceito por todos.
    Há muitos erros, em todas as religiões, visto que, as várias divisões Católicas e as várias vertentes Evangélicas que se contradizem nos ensinamentos, assim como as varias religiões espiritualista. É evidente que há erros e se há erros, concluindo que as lideranças querem o bem de todos, há de querer eliminá-los. Do contrario há de se pensar que não querem o bem de todos e sim satisfazer seu próprio ego.
    A bíblia e os dogmas são os principais agentes dos conflitos.
    Há de se perguntar novamente.
    O que realmente querem as Lideranças Religiosas da humanidade?
    O Bem? Ou o mal?
    Se o bem o que querem, devem querer para o bem de todos, ver a onde está o erro. E ter humildade para corrigir.
    Isto implica em derrubar ideologias de muitos e ferir seus egos.
    Mas o que querem as lideranças Religiosas? O Bem ou o Mal de todos?
    Uma revisão bíblica e seus dogmas, entre todos e a comunidade em geral, é a verdade da dignidade humana. (um programa obrigatório na TV e internet), nem que seja constituída por lei federal, se não houver dignidade por parte das lideranças.
    Vivemos uma mentira, quando dizemos que religião não se discute, uma vez que o dialogo compreensivo é a solução correta. Desde que o caminho seja para resolver, não para remediar.
    Há muito que se debater, uma história para ser analisada. E a participação popular é fundamental, pois é o elemento principal, que estão sendo levadas ao erro pelas lideranças Religiosas. Elas terão elementos verdadeiros para tirar conclusões próprias e sair do erro sem interferência de lideranças religiosas. Não importa o tempo que durar, tem que se ir a exaustão.
    Interessante analisar, cometemos erros e não percebemos.
    Um fato ocorrido:
    Estava eu na rua Lalau Miranda, Granja Esperança, Cachoeirinha, RS, quando vi uma única sala de aula da Escola José Victor de Medeiros em passeata pelas ruas do bairro, alunos com trabalhos na mão feitos em sala de aula.
    Me ocorreu de analisar aquele momento, e parei para a observar ao redor daquela passeata.
    As pessoas passavam indiferentes com o que estava acontecendo, os carros se não fosse pela escolta policial, parecia que subiriam a calçada para seguir viagem.
    Percebi que deveria ficar ali no mínimo sorrindo, os alunos e professores que me viam sorriam também.
    Que valor real nós damos as nossas crianças e adolescentes?
    E aos professores que estão ali, numa tentativa de fazer uma escola melhor?
    Em um dos cartazes tinha o nome, Jesus.
    O que me pareceu dizer: por favor, nos ajude.
    Temos hoje na fé, a ultima esperança diante de lideranças incapazes.
    E aqueles que assumiram para si, a responsabilidade de conduzir espiritualmente a todos, só o que sabem fazer, são gerar polemicas, mortes, briga de família e visinhos.
    Minha família foi vitima da intolerância religiosa, que quase acaba com ela.
    Minha historia está em meu blog. End.
    sergioboglionimachado.blogspot.com.br/2014/08/como-e-facil-cometer-erros.html
    Depois deste episodio, resolvi procurar na bíblia o sentido para a vida.
    Onde pode-se ver em meu blog, em a Bíblia aos Olhos da Águia.
    Não quero fazer mais uma ideologia referente a Bíblia, mesmo porque sabemos que não há duas verdades, tão pouco se corta uma verdade pelo meio.
    A intenção foi mostrar, que muito se pode tirar da Bíblia, e que pode sim, as lideranças religiosas estarem cometendo erros gravíssimos em relação a ela.
    A onde se pode ver:
    1- O Jardim do Édem, não existiu, foi um símbolo utilizado por Deus. (principio dos erros).
    2- O homem não foi julgado pela desobediência. E sim pela Maldade.
    3- Os profetas não foram pessoas boas. Foram pessoas más que foram utilizadas por Deus, para servir a seu propósito de ser reconhecido pela humanidade.
    4- Os gays podem ter legitimidade bíblica. O que acabaria com o preconceito. Ou fortaleceria o debate.
    Entre outros, a Bíblia toda é uma charada que visa buscar a inteligência, compreensão e humildade humana.
    Não importa quanto tempo vai levar, o importante é começar.

    Obrigado

    • Agradecemos pelas indicações. Em breve, ofertaremos o curso de extensão “Diversidade religiosa em sala de aula”, aqui na cidade de São Paulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s